Assista a uma diversidade de vídeos selecionados por Um Pouco Mais De Música

Loading...

Um Pouco Mais De Música

Um Pouco Mais De Música

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Um Pouco de Crítica ... fundamentada em conhecimento.











O funk Créu não pode ser considerado nem ao menos música.






Para que seja considerado música é preciso que haja ritmomelodia e harmonia. Pois, esses são elementos que compõem uma música.
Créu só possui ritmo. Além disso, o "compositor", se assim podemos chamar, não teve nem trabalho em desenvolver uma letra completa, pois sua "composição", possui apenas uma palavra em cinco versões, denominadas como velocidades.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Renato Russo








 Fonte: Memorial Renato Russo


Renato Manfredini Júnior nasceu no dia 27 de março de 1960 no Rio de Janeiro.

Renato Russo é considerado por muitos fãs o irmão mais velho de toda uma geração. Uma geração que ele mesmo batizou de Coca-Cola. Desde 1985, quando a Legião Urbana lançou seu primeiro disco, até hoje, milhões de fãs, de diversas idade, classes sociais e culturas diferentes se sentiram profundamente tocados pelas letras do cantor.
Considerado por alguns como o líder quase messiânico dos jovens, Renato Russo refutava veeementemente essa idéia, dizendo que era apenas um cantor que cantava o que as pessoas gostavam e queriam ouvir. Renato Manfredini Júnior (seu verdadeiro nome) nasceu no dia 27 de março de 1960, às quarto horas da manhã, na Clínica Santa Lúcia, em Humaitá, no Rio de Janeiro. Aos sete anos foi morar em Nova Iorque, após seu pai, funcionário do Banco do Brasil, ser transferido para os Estados Unidos.

15 anos

Renato sofre de uma doença rara chamada Epifiólise, que tira os movimentos de suas pernas.
Em 1969 a família Manfredini volta para o Rio de Janeiro, mais precisamente para a Ilha do Governador onde ficam morando até 1973, quando mais uma vez seu pai é transferido, desta vez para Brasília.

Aos 15 anos, Renato Russo sofre de uma doença rara chamada Epifiólise, que tira os movimentos de suas pernas, fazendo com que ele passé o tempo todo sentado ou deitado. O período da doença dura dois anos onde Renato estudou e leu muito, tanto que em 1977 passa direto no vestibular de jornalismo da CeuB.
The 42nd Street Band
Renato começa a esboçar os primeiros desejos de se tornar músico.
É nesse período da doença que Renato começa a esboçar os primeiros desejos de se tornar músico. Em sua imaginação ele cria uma banda chamada 42nd Street Band, na qual ele era o vocalista e se chamava Eric Russel. Pela primeira vez o seu nome artístico começava a aparecer. “Russel”era uma homenagem a um dos seus filósofos favoritos, o ingles Bertrand Russel. Mais tarde, o “Eric Russel” daria lugar ao conhecido “Renato Russo”.

O embrião…
Renato começa a se envolver com o movimento Punk.
Totalmente recuperado da doença, Renato começa a se envolver com o movimento punk criado em Londres nos anos 70. Calças rasgadas, alfinete na orelha eram o suficiente para chocar a sociedade brasileira da época.
Em 1978, já aos 20 anos, Renato Russo realiza o seu primeiro show com músicas próprias no bar Só cana, em Brasília. O Aborto Elétrico ia bem até que André Pretorius deixa a banda para prestar o serviço military na África do Sul. A banda então ganha dois integrantes: Flávio Lemos e Ico Ouro Preto. Nesse ano Renato conhece Dado Vila-Lobos e Marcelo Bonfá.
Trovador Solitário
Renato passa a compor com mais intensidade e a realizar shows onde ele toca violão e canta sozinho.
No ano seguinte, o Aborto Elétrico acaba por causa de diversas brigas entre Renato Russo e o baterista Fê Lemos. Renato passa a compor com mais intensidade e a realizar shows onde ele toca violão e canta sozinho, ficando conhecido como o Trovador Solitário. É nessa época que alguns clássicos do rock nacional como “Eu Sei” e “Química” foram escritos por Renato.
Legião Urbana
Renato convida Marcelo Bonfá para formarem uma banda chamada Legião Urbana.
Sabendo do talento de Renato, o baterista aceita imediatamente e convida o guitarrista Eduardo Paraná e o tecladista Paulo Paulista para fazerem parte da nova banda. Paraná também  deixa a Legião Urbana para estudar violão clássico em Tauí, interior de São Paulo. Um mês depois de entrar na banda, Ico Ouro Preto também sai da Legião e finalmente em março de 1983 é convidado Dado Villa-Lobos para assumir definitivamente a guitarra.

EMI Odeon

A Legião Urbana faz seu primeiro show no Rio de Janeiro e é convidada pela EMI Odeon para gravar uma fita demo.

A Legião Urbana começa a fazer sucesso e diversas fitas com shows piratas da banda são trocadas por fãs de toda parte do país. Com o sucesso do primeiro disco do Paralamas do Sucesso, onde a música “Química” foi gravada, a banda começava a interessar grandes gravadoras. Em 23 de julho a Legião toca pela primeira vez no Rio de Janeiro, no Circo Voador, e é convidada pela EMI Odeon para gravar uma fita demo.

1984
A Legião Urbana fecha contrato com a EMI e Renato volta para o Rio de Janeiro.

No ano seguinte, Renato Rocha é convidado por Bonfá para assumir o baixo da Legião Urbana, deixando Renato Russo mais livre para cantar. Em outubro de 1984 a Legião fecha contrato com a EMI e, em janeiro de 1985, lança seu primeiro disco, com sucessos como “Será”, “Ainda é Cedo”, “Geração Coca-Cola” e “Por Enquanto”. Em agosto, os integrantes da banda deixam Brasília e vão morar no Rio de Janeiro. Renato volta para sua antiga casa na Rua Maraú, na Ilha do Governador.

Com o sucessos do primeiro disco, Renato Russo começa a compor muitas músicas para o novo trabalho. A banda desejava lançar um disco duplo chamado Mitologia e Intuição, mas acabou lançando um disco simples, com 12 faixas. Para muitos, Dois, gravado entre janeiro e março de 1986 é o melhor disco da história do rock nacional.
Em dezembro de 1987 é lançado o terceiro disco da banda, Que País É Este, com músicas compostas na fase do Aborto Elétrico. A Legião Urbana começa a ganhar status de maior banda de rock do Brasil, o os seus shows estão sempre lotados. Estoura nas radios de todo o Brasil o épico “Faroeste Caboclo”, uma paulada de quase dez minutos e 159 versos, nenhum repetido.
Estádio Mané Garrincha

A banda enfrentou um dos piores momentos da sua carreira.
Em dezembro de 1988 outro fato marcaria profundamente a Legião Urbana. O baixista Renato Rocha sairia da banda após diversas divergências com os outros integrantes. A Legião Urbana deixava de ser um quarteto para ser um trio.

Renato Russo assumiu novamente o baixo nas gravações do disco As Quatro Estações, lançådo em novembro de 1989, consumindo dezesseis meses de gravação.

Após o disco pronto, Renato Russo viaja para São Francisco, nos Estados Unidos. É ali que começa a imaginar a sua carreira solo que só viria a se tornar realidade em 1994.

As Quatro Estações

Lançado em novembro de 1989, estoura em todo país.
Vendendo mais de um milhão de cópias e lançando de vez a Legião Urbana para o estrelato. Nos dias 11 e 12 de agosto de 1990 a Legião fez dois impressionantes shows no Parque Antártica, em São Paulo, para mais de 80mil pessoas. Os fãs, cada vez mais fervorosos, acompanham cada passo da carreira de Renato Russo e fazem um trocadilho com o nome da banda a chamando de “Religião Urbana”, fato que incomoda profundamente o cantor, que rechaçava essa idéia.

Em dezembro de 1991 o disco V é lançado pela EMI Odeon. Nessa época Renato enfrentava uma séria crise com drogas e álcool, e a turnê de divulgação do disco foi cancelada em Natal, no Rio Grande do Norte, apenas um mês após seu início.

Acústico MTV

A Legião Urbana gravou no Hippodromo, em São Paulo, o especial Acústico MTV.
O Acústico foi lançado sete anos depois, em outubro de 1999, em video e em cd. No dia da gravação Renato Russo cantou a música “Hoje A noite Não Tem Luar”, uma versão para a música dos Menudos. Em dezembro de 1992 é lançado o disco Música para Acampamento, com diversas gravações realizadas entre 1984 e 1992.

The Stonewall Celebration Concert

Renato Gravaria seu primeiro disco com 21 músicas em ingles.
A carreira solo

O disco O Descobrimento do Brasil é lançado em novembro de 1993, e a música “Perfeição” fica em primeiro lugar nas radios de todo o país. A excursão do disco começou apenas em junho de 1994, poise m fevereiro e março Renato gravaria seu primeiro disco solo: The Stonewall Celebration Concert, com 21 músicas em ingles. Os royalties do disco foram doados para a Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida, campanha do sociólogo Betinho.

1995

O ultimo show da história da Legião Urbana

Feliz com o resultado do seu primeiro disco solo, Renato viajaria com Gilda Mattoso para a Itália, a fim de iniciar uma pesquisa para seu próximo disco solo, todo em italiano. Logo após a sua volta da Europa a Legião faria um show em Santos, na Reggae Night. Durante a apresentação Bonfá foi atingido por uma lata de cerveja. Em protesto, Renato Russo passou boa parte da apresentação, deitado no chão, olhando seu relógio. Era 14 de janeiro de 1995, e aquele foi o ultimo show da história da Legião Urbana.
Renato dedicou o restante de 1995 para as gravações do segundo disco solo, Equilíbrio Distante, lançado em dezembro do mesmo ano. No início de 1996, a Legião Urbana começa as gravações que resultaram no disco A Tempestade. Mais de 30 faixas foram gravadas, apenas 15 lançadas em setembro.
1996

Morre Renato Russo em seu apartamento na rua Nascimento Silva, em Ipanema.

No dia 11 de outubro, 1h15, more Renato Russo em seu apartamento na rua Nascimento Silva, em Ipanema, no Rio de Janeiro. A Legião Urbana acaba oficialmente uma semana depois, deixando milhões de fãs órfãos.

Homenagems póstumas
Em julho de 1997, é lançado o disco póstumo Uma Outra Estação, com o restante das faixas gravadas entre janeiro e junho de 1996. Logo depois, em novembro foi lançado o disco O Último Solo, também com faixas inéditas que deixaram de entrar nos dois discos solos do cantor.
O primeiro disco com a antologia dos maiores sucessos da Legião Urbana chamado Mais do Mesmo foi lançado em março de 1998, esgotando-se rapidamente nas lojas. Em outubro de 1999, o acústico MTV foi lançado em CD e em Vídeo.

Em março de 2001, é lançado o disco ao vivo Como É Que Se Diz Eu Te Amo, com oso shows gravados nos dias oito e nove de outubro de 1994 no Metropolitanm Rio de Janeiro.

Presente
O trabalho de catalogar todo o material inédito de Renato Russo e da Legião Urbana, como sobras de estúdio e outras versões está a cargo do jornalista Marcelo Fróes. O primeiro fruto desse trabalho de arqueólogo foi Renato Russo Presente, lançado em março de 2003, quando Renato completaria 43 anos de vida.
Músicas inéditas como “Hoje” (parceria com Leila Pinheiro), “Mais Uma Vez”, “Thunder Road” e “Boomerang Blues” se misturam a entrevistas concedidas pelo cantor e a outras parcerias com músicos consagrados.


sábado, 18 de dezembro de 2010

Dorival Caymmi - O Vento - Heineken Concerts - 1996


Biografia de DORIVAL CAYMMI - 

Acalanto Dorival Caymmi & Nana Caymmi.wmv

Nana Caymmi




Dinair Tostes Caymmi é o nome de batismo dessa que é uma das melhores cantoras brasileiras. Nana Caymmi nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 29 de abril de 1949.

Sua voz de contralto é herança de seu pai, Dorival Caymmi, mas a sua forma de interpretar é completamente única. Tem particularidades na sua maneira de cantar. Consegue manter notas e controlar volumes de som através uma técnica de respiração que distingue da maioria das cantoras existentes. Mas isso não a transforma em uma cantora técnica. Muito pelo contrário. Nana Caymmi é basicamente emoção. Seu canto é suave, é lânguido, é sentimental. Marca profundamente quem a ouve, seja pela beleza da voz, seja pela profundidade das músicas que canta, seja pela emoção que passa.


Por nunca ter se preocupado em acompanhar os modismos musicais, nunca chegou a estar no topo da lista dos mais vendidos, mas fez uma carreira sólida e coerente. Apostou na beleza, na emoção e no bom gosto. Sempre cantou o melhor, o mais bonito, e por isso, o mais eterno. Já interpretou composições de Tom Jobim , Toninho Horta, Vinícius, do pai, Dorival, do irmão, Dori, e de tantos outros compositores de respeito. E com esse cuidado, com este esmero, conquistou um lugar de destaque dentro da musica brasileira.

Para quem gosta de uma boa música, Nana é um presente. Com a vantagem de não ter prazo de validade...Porque Nana não é efêmera, é eterna...
E isso é sucesso. 
Tatiana Rocha
Fonte:   MPB  Net

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Chico Buarque


1944

19 de junho - Nasce, no Rio de Janeiro, Francisco Buarque de Hollanda...














1946
A família
muda-se do 
Rio para 
a Rua 
Haddock 
Lobo, 
em São 
Paulo. 
Seu pai 
é nomeado 
diretor 
do Museu 

do Ipiranga




1949
Desde pequeno, demonstra
seu interesse pela música...




1953
A família
muda-se
novamente...








1954 - 
Sua casa,
na Itália, é
freqüentada
por
intelectuais
  e artistas,
entre eles o
futuro parceiro
Vinicius

                                  de Moraes






1956/57 - 
Compõe as
primeiras
canções,
operetas
que eram
encenadas com
as irmãs mais
novas, Ana,
Cristina e Pii
Surge o
interesse pelo
futebol


1958
Uma nova
paixão:
a literatura...

1959 - No Colégio Santa
Cruz, vivencia
duas experiências
religiosas distintas


A influência
musical
decisiva
é o LP Chega
de saudade,
de João
Gilberto







Faz sua
primeira
composição:
Canção
dos olhos



1961/62
Assina 
suas 
primeiras 
crônicas 
em um jornal
da escola...

Sua foto é estampada 
pela primeira vez 
em um grande jornal...

1963 - Entra na 
Universidade 
de São Paulo...


1964 - Começa sua 
trajetória pelos palcos 
e se encontra com os 
jovens que se tornariam 
os grandes nomes da MPB...

1964
Acontece,
no
Colégio
Rio
Branco,
o show
Primeira
audição




1965
O primeiro
compacto chega
às lojas
e começam
suas
experiências
com o teatro...


Recebe seu
primeiro cachê
por um show...









1965
Conhece
Caetano
Veloso
e Gilberto
Gil, que
seriam
expoentes
do movimento
tropicalista


1966 - 10 de outubro
A banda vence,
junto com Disparada, o
II Festival de
Música Popular Brasileira...


Lança seu

primeiro
LP pela RGE,
Chico
Buarque de
Hollanda




Começam seus
problemas com a
censura do 
regime militar...

Sabiá, em parceria
com Tom Jobim, vence,
sob vaias, o Festival
Internacional da Canção



1969
Janeiro -
Inicia um
auto-exílio
na Itália...

Em 28 de março,
nasce Silvia
Severo Buarque
de Hollanda,
a primeira de
suas três
filhas, que teve
como padrinho
Vinícius
de Moraes





Na Itália,
fecha um
contrato
com a
Philips
para a
produção
de um 
novo
disco...
















1970
Em março, retorna para o Brasil e lança o disco Chico Buarque de Hollanda nº 4




A música Apesar
de você chega às
lojas em um compacto
que vende cerca
de 100 mil cópias.
Em seguida, a canção
é censurada e os discos
recolhidos do mercado...



22 de dezembro -
Nasce sua
segunda filha,
Helena Severo
Buarque de
Hollanda













1971
No início
do ano,
lança
o LP
Construção
Rompe com a TV Globo,
durante os preparativos 
para o VI Festival 
Internacional da Canção...



1972
Novembro - Faz o histórico
show no Teatro Castro Alves,
em Salvador,
com Caetano Veloso




1972
Volta ao cinema
no filme Quando o 
carnaval chegar,
de Cacá Diegues...




1973
Escreve,
com Ruy
Guerra, a
peça
Calabar...

A Phonogram
desliga os
microfones
durante o show
Phono 73 e impede
que ele e Gil
toquem Cálice






1974 Publica
sua primeira
novela, Fazenda
modelo

Surge Julinho 
da Adelaide, o
personagem que
1975
Abandona
os palcos
por um longo
período...

driblou
a censura
por alguns
meses...
 

Escreve, com
Paulo Pontes,
Gota d'água,
estrelada por
Bibi Ferreira...











17 de
setembro
de 1975
Nasce sua
terceira filha,
Luísa Severo
Buarque
de Holanda 

Ganha o Prêmio 
Molière como melhor 
autor teatral, mas 
não comparece para 
recebê-lo...

1976
Compõe
O que
será para
o filme
Dona Flor
e seus
dois
maridos... 


Lança o disco
Meus caros amigos


1977
Traduz e adapta o musical
infantil Os saltimbancos...
e lança o disco Gota d'água
 
1977
Escreve o texto
e as canções
da peça Ópera
do malandro...

1978
Em fevereiro,
visita
a ilha
de Cuba...

e ao voltar
para o
Brasil é
detido no
aeroporto



1979
Lança o álbum duplo
Ópera do malandro e escreve
várias canções para
cinema e teatro




É publicado seu
primeiro livro infantil
Chapeuzinho amarelo, ilustrado por 
Donatella Berlendis



Calabar é, finalmente, 
liberada pela censura







1980
Troca de
gravadora
e compõe
as músicas
para o
espetáculo
Geni...


Apresenta-se
em Angola
com mais 64
artistas
brasileiros...







É o
personagem
central
do filme
biográfico
Certas
palavras,
realizado
por
Maurício
Berú

1980
Final do ano -
Lança o LP Vida...





1981
Trabalha em uma 
grande produção 
para o cinema, 
Saltimbancos 
trapalhões...

É publicado o livro A bordo do Rui Barbosa...










Lança o 
disco 
Almanaque











1982
Em parceria com
Edu Lobo, compõe as
canções para o balé
O grande circo místico,
gravado no ano seguinte





Morre Sérgio
Buarque de
Hollanda, aos 79
anos de idade

1983/84,
Faz, com
o cineasta
Miguel
Faria Jr.,
adaptação
e roteiro
para o
filme Para
viver um
grande amor


Participa ativamente
da campanha
pelas "Diretas já" para
presidente da República...



1985
Compõe a
trilha sonora
do filme Ópera
do malandro...


1986 - Volta à televisão ao
lado de Caetano Veloso...




1987/88
Lança o
disco
Francisco
no final
de 87 e
faz o show
dirigido
por Naum
Alves de
Souza,
em janeiro
de 88.


1988
Compõe com
Edu Lobo as
canções para o
balé Dança da
meia-lua



1989
Faz as músicas para
a peça Suburbano coração,
de Naum Alves de Souza

Lança o disco Chico Buarque
e interpreta Julinho da
Adelaide, no filme Amor 
vagabundo, de Hugo Carvana
 












1991/92
Lança seu primeiro
romance,
Estorvo
1994/95
Volta aos palcos
no início de 94
com o show Paratodos


Participa
da
Campanha
Nacional
Contra
a Fome
e Pela
Cidadania,
do
sociólogo
Herbert
de Souza,
o Betinho



Escreve o romance
Benjamim...











1991/92
Lança seu primeiro
romance,
Estorvo
1994/95
Volta aos palcos
no início de 94
com o show Paratodos



Participa
da
Campanha
Nacional
Contra
a Fome
e Pela
Cidadania,
do
sociólogo
Herbert
de Souza,
o Betinho



Escreve o romance
Benjamim...











1991/92
Lança seu primeiro
romance,
Estorvo
1994/95
Volta aos palcos
no início de 94
com o show Paratodos



Participa
da
Campanha
Nacional
Contra
a Fome
e Pela
Cidadania,
do
sociólogo
Herbert
de Souza,
o Betinho



Escreve o romance
Benjamim...








1996
Nasce
seu
primeiro
neto...



Participa da
campanha pela
Paz no Futebol

1997
É escolhido como o homenageado
do enredo para o Carnaval 98 e
participa do disco Chico
Buarque de Mangueira



1997
Compõe as
canções para
o projeto
Terra, do
fotógrafo
Sebastião
Salgado





1998
A Estação Primeira
de Mangueira, tira o
primeiro lugar no
carnaval carioca com a
homenagem a Chico


Lança
neste
site seu
mais
recente
CD, As
cidades...





Nasce, em 23
de novembro,
às 21:05 h no Rio
de Janeiro, Clara
Buarque De Freitas,
sua segunda neta,
filha de Helena e
Carlinhos Brown.


1999
Chico sai
em turnê pelo
Brasil
e exterior
com o show
As Cidades



Empolgado com
o resultado
dos espetáculos,
grava
Chico ao vivo



2000
O filme Estorvo é
selecionado para o
Festival Internacional
de Cinema de Cannes





Em 31 de março,
recebe o Prêmio
Roma-Brasília
Cidade da Paz
conferido pelo
prefeito de Roma,
Francesco Rutelli






É lançado o
DVD as cidades


2001
Faz as letras para
as canções de
Edu Lobo para
e peça Cambaio
de Adriana e
João Falcão


2003
Chega aos cinemas o Filme Benjamim, dirigido por Monique Gardenberg, e que tem no elenco Paulo José, Cléo Pires, Danton Mello e Chico Diaz.

A Cia. das Letras publica BUDAPESTE, seu terceiro romance. O livro fica na lista de mais vendidos por diversos meses e, na seqüência é traduzido para mais de 6 idiomas.

O documentário Chico ou O País da Delicadeza Perdida, do selo Videofilmes Produções Artisticas, com direção de Walter Salles e Nelson Motta sai em DVD.

Fonte: Chico Buarque

Roda Viva - Chico Buarque

Chico Buarque - Olhos Nos Olhos

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Maysa Matarazzo






Maysa Figueira Monjardim, mais conhecida como Maysa Matarazzo ou simplesmente Maysa foi uma cantora, compositora e atriz brasileira.

Fonte: Meadd








Maysa nasceu na capital paulista numa família tradicional do Espírito Santo que logo se mudou para o Rio de Janeiro. Em 1947, transferiram-se para Bauru, no interior paulista. Logo depois, mudaram-se novamente para a capital. Mesmo fixada em São Paulo, a família ainda mudaria de endereço várias vezes.



Maysa estudou nos tradicionais colégios paulistanos Assunção, Sacré-Cœur de Marie. As férias, ela passava em Vitória, onde reencontrava os tios e os primos.


Casou-se aos dezoito anos com o empresário André Matarazzo, dezessete anos mais velho, amigo de seus pais, e membro da conhecida família italo-brasileira Matarazzo de cuja união nasceu Jayme Monjardim Matarazzo, diretor de telenovelas e cinema, que foi criado pela avó e, posteriormente, num colégio interno na Espanha.


Separada do marido (1959), que se opôs à carreira musical, e com o temperamento boêmio herdado de seu pai, teve relacionamentos amorosos com o compositor Ronaldo Bôscoli, o empresário Miguel Azanza, o ator Carlos Alberto, o maestro Julio Medaglia, dentre vários outros.


Fez inúmeras temporadas de sucesso em diversas casas de São Paulo — como o João Sebastião Bar — e no Rio de Janeiro — como o Au Bon Gourmet dentre outras casas tradicionais e famosas. Excursionou pela América Latina, passando diversas vezes por Buenos Aires, Montevidéu e Lima. Apresentou-se em Paris, Lisboa e Luanda. A lua-de-mel com André Matarazzo consistiu numa viagem por toda a Europa, passando primeiro por Buenos Aires (na Argentina).


O uso de álcool e moderadores de apetite deixavam seu temperamento instável. Foram conhecidos os escândalos que promoveu em hotéis e aviões de diversos países. Tentou o suicídio várias vezes. Supõe-se que o efeito de anfetaminas somado à ingestão de álcool, teria provocado o acidente de carro, na Ponte Rio-Niterói, que a matou, quando dirigia a "Brasilia azul" em alta velocidade, indo para a casa de praia em Maricá, litoral fluminense.


Carreira 

Manteve contato com vários músicos da Bossa Nova, com os quais pôde expandir referências musicais. Excursionou pelo país ao lado do pianista Pedrinho Mattar, lotando casas de espetáculos como a Urso Branco , São Paulo.


Estilo

As composições e as canções foram escolhidas de maneira a formar um repertório sob medida para o seu timbre, que não era o de uma voz vulgar -- pelo contrário, possuía um viés melancólico e triste, que se tornou emblemática do gênero fossa ou samba-canção. Ao lado de Maysa, destacam-se Nora Ney, Ângela Maria e Dolores Duran. O gênero, comparado ao bolero, pela exaltação do tema amor-romântico ou pelo sofrimento de um amor não realizado, foi chamado também de dor-de-cotovelo. O samba canção (surgido na década de 30) antecedeu o movimento da bossa nova (surgido ao final da década de 50, em 1957), com o qual Maysa se identificou. Mas este último representou um refinamento e uma maior leveza nas melodias e interpretações em detrimento do drama e das melodias ressentidas, da dor-de-cotovelo. O legado de Maysa, ainda que aponte para dívidas históricas com a bossa, é o de uma cantora de voz mais arrastada do que as intérpretes da bossa e por isso aproxima-se antes do bolero.


Foram celebrizadas as seguintes interpretações: Felicidade Infeliz (Maysa), Solidão (Antônio Bruno), Bom dia, Tristeza (Adoniran Barbosa/ Vinicius de Moraes), Tristeza (Haroldo Lobo/ Niltinho), Ne Me Quitte Pas (Jacques Brel) e Bloco da Solidão (Jair Amorim/ Evaldo Gouveia). Também foram consagradas as seguintes interpretações: Adeus, Agonia, Dindi, Eu sei que vou te amar, Marcada, Meu mundo caiu, Não vou querer, Ouça, Resposta, Rindo de mim, Tarde triste, O barquinho.


Contemporânea da compositora e cantora Dolores Duran, Maysa compôs 26 canções, numa época em que havia poucas mulheres nessa atividade. Todas foram gravadas em Maysa por ela mesma, que alcançou grande sucesso. Maysa interpretava de maneira muito singular, personalista, com toda a voz, sentimento e expressão. Um canto gutural, ensejando momentos de solidão e de grande expressão afetiva. Um dos momentos antológicos desta caracterização dramática foi a apresentação, em 1974, de Chão de Estrelas (Silvio Caldas e Orestes Barbosa), e de Ne Me Quitte Pas (10 de junho de 1976), tendo sido apresentadas em duas edições do programa Fantástico da Rede Globo. Esse estilo Maysa exerceu influência nas gerações seguintes, com grande ascendência nas obras de Simone, Cazuza, Leila Pinheiro, Fafá de Belém, Ângela Rô Rô, entre outros.


Em 1977, um trágico acidente automobilístico na Ponte Rio-Niterói encerrava a carreira e o brilho da estrela, que foi um dos grandes nomes da música brasileira.


A carreira da cantora foi retratada na minissérie Maysa - Quando Fala o Coração, exibida pela Rede Globo em 9 capítulos, do dia 05 ao dia 16 de janeiro de 2009. A série é de autoria de Manoel Carlos, protagonizada pela estreante atriz Larissa Maciel e dirigida por Jayme Monjardim, filho da cantora.


Discografia


Convite para ouvir Maysa (1956) RGE 10 polg

Maysa (1957) RGE LP

Convite para ouvir Maysa nº 2 (1958) RGE LP

Convite para ouvir Maysa nº 3 (1958) RGE LP

Convite para ouvir Maysa nº 4 (1959) RGE LP

Maysa é Maysa... é Maysa... é Maysa (1959) LP

Maysa canta sucessos (1960) LP

Voltei (1960) LP

Barquinho (1961) Columbia LP

Maysa, amor... e Maysa (1961) LP

Canção do amor mais triste (1962) LP

Maysa (1964) LP

Maysa (1966) LP

Maysa (1969), LP, Som Indústria e Comércio S.A.

Maysa "Eu não existo sem você" ( 1969) LP, Produções Fermata.

Canecão apresenta Maysa (1969), LP, Som Indústria e Comércio S.A.

A personalidade de Maysa (1969), LP, Produções Fermata.

Ando só numa multidão de amores (1970) Philips LP

Maysa (1974) Evento LP

Para sempre Maysa (1977) RGE LP Álbum duplo

Maysa "Bom é Querer Bem" (1978), LP, RGE-Fermata Ltda.

Convite para ouvir Maysa [S/D] LP

Maysa por ela mesma (1991) RGE CD

Canecão apresenta Maysa (1992) Movieplay CD

Tom Jobim por Maysa (1997) RGE CD

Barquinho (2000) Sony Music/Columbia CD

Simplesmente Maysa-Vol. 1 a 4 (2000) CD

Maysa - Quando Fala o Coração (2009) SOM LIVRE CD DUPLO


Curiosidade


Num dos programas Show do dia 7, da TV Record, canal 7 de São Paulo, nos anos 1960, os artistas tinham que cumprir tarefas. A Maysa coube destrinchar um frango. Sonia Ribeiro, a apresentadora, ofereceu-lhe uma tesoura de cortar frango (trinchante). Para surpresa de todos, Maysa pegou o frango com as mãos e o cortou todo nas juntas ignorando a apresentadora


Ouça - Maysa Matarazzo (1958)

Carmen Miranda - Cena do filme ROMANCE CARIOCA

Carmen Miranda - Tributo (1)

Carmen Miranda - Biografia, vida artística, músicas e filmes de sucesso, principais momentos da vida, morte







                     Fonte: Sua Pesquisa








Carmen Miranda: sucesso no cinema e nas rádios

Carmen Miranda da Cunha nasceu no ano de 1909, em Portugal. Com 2 anos de idade, junto com sua família, veio morar no Brasil. Desde a infância, demonstrava muito interesse e talento para a música e dança.

Biografia e carreira Artística 


Aos 20 anos de idade, Carmen Miranda começou sua gloriosa e curta carreira de cantora e atriz. Porém, gravou seu primeiro disco somente aos 30 anos de idade. Nesta época, final da década de 1930, fez muito sucesso nas emissoras de rádio do Brasil.

Devido ao grande sucesso, foi levada para os Estados Unidos, por um empresário norte-americano. Nesta fase da vida, fez um grande sucesso, representando em suas músicas e danças, aspectos da cultura tropical do Brasil. Apresentava-se com roupas coloridas, enfeites e chapéus com frutas tropicais. Sua imagem representava uma típica baiana.

Não demorou muito e Carmen Miranda foi parar nas telas de cinema de Hollywood. Atuou em vários filmes como, por exemplo, Serenata Tropical e Uma Noite no Rio. 

Morreu de problemas cardíacos, em 1955, sendo sepultada na cidade do Rio de Janeiro. Deixou, como legado, sua imagem alegre que é, até os dias de hoje, resgatada no mundo artístico e cultural brasileiro.

Carmen Miranda: sucesso no cinema e nas rádios



Alguns sucessos de Carmen Miranda :

· Adeus, Batucada
· Alô... Alô?
· Boneca de Piche
· Cantores do Rádio 
· Chica-Chica-Bum-Chic
· Me Dá, Me Dá
· Na Baixa do Sapateiro
· O Que É Que a Baiana Tem? 
· O Tique-Taque do Meu Coração 
· Taí (Pra Você Gostar de Mim)







Principais filmes em que atuou:·

.       A Voz do Carnaval (1933) 
· Alô, Alô, Brasil (1935) 
· Estudantes (1935) 
· Alô, Alô, Carnaval (1936) 
· Bananas da Terra (1939) 
· Serenata Tropical (1940) 
· That Night in Rio (1941) 
· Week-End in Havana (1941) 
· Springtime in the Rockies (1942) 
· The Gang's All Here (1943) 
· Four Jills in a Jeep (1944) 
· Greenwich Village (1944) 
· Something for the Boys (1944) 
· Doll Face (1945) 
· Se eu Fosse Feliz (1946) 
· Copacabana (1947) 
· Romance Carioca (1950)  989-6D48-A10E'





Carmen Miranda: Cai, Cai (Uma Noite no Rio)

Carmen Miranda Mamãe Eu Quero

domingo, 12 de dezembro de 2010

A música e o seu papel no meio militar...


                                                                               Dobrados Militares




As bandas de música desde seu início estão associadas à música militar. Nos Estados Unidos, ainda hoje é mais comum se referir a esse modelo como "military band" do que "wind band", na prática o mesmo grupo. Foram os turcos que colocaram na vanguarda dos seus exércitos um estridente grupo de percussão e imprimiram na Europa a idéia de associar uma marcha musical ao deslocamento das tropas.


Banda do 38º BI e PM - Dobrado

Surgiram as bandas militares e com elas os modelos de música para marchar: marcha lenta, para solenidades, marcha rápida, para situações de ataque de infantaria e, em andamento intermediário (semínima=120) e marcha militar de passo-dobrado. Este tipo de marcha militar, ao se adaptar às culturas locais, originou três grandes tradições de composição: o pás-redoublé francês, o pasodoble espanhol e a marcha militar de passo dobrado em Portugal, que em terras do Brasil se tornaria o dobrado, a marcha brasileira.


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Curso Musical Maestro Dário de Moura, agora também no youtube. Imperdível!!!! Chorinho, samba e muito mais...

Workshop Ritmos Brasileiros - Lundu Característico (Joaquim Callado)





Agora o CURSO MUSICAL JOSÉ DÁRIO DE MOURA 
 
tem o seu CANAL OFICIAL NO YOUTUBE:

Acesse: http://youtube.com/canalcursomusical  


Assista: 
Vídeo-aulas, vídeos de audições e muito mais!!! 
inscreva-se!!!

 
Mais informações, Blog: http://cursomusicalprofissionalizante.blogspot.com

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

BEATLEMANIA





Fonte: Getback 













O primeiro compacto, gravado no final de 1962 continha 'Love Me Do' e ' P.S. I Love You'. Fez um estardalhaço em Liverpool, mas no resto da Inglaterra chegou ao mero 17º lugar. Pouco tempo depois os rapazes compôem e lançam 'Please Please Me'. Aí sim. 1º lugar na Grã Bretanha, e o passo para o 1º LP com o mesmo nome 'Please Please Me'. os compactos 'From Me To You', She Loves You' e 'I Wanna Hold Your Hand', chegam ao topo da parada.
As várias apresentações na TV , as  excursões  pela Inglaterra  e o lançamento do 2º LP, 'With The Beatles ' deixaram o grupo para dar um passo maior na carreira : Conquistar a América.

Quando os Beatles chegaram nos Estados Unidos, estava decretada oficialmente a Beatlemania. No programa Ed Sullivan, no qual se apresentaram, fizeram um sucesso danado e a nação se surpreendeu pelo bom humor dos rapazes, na verdade, o humor cínico inglês, e 'I Wanna Hold Your Hand' fica no pico das paradas, e os Lps começam a ser lançados nos Estados Unidos, com variações e capas diferentes dos originais ingleses.

É lançado ainda o filme 'A Hard Day´s Night' , que acompanha um álbum do mesmo nome... , que até hoje é cult no meio musical, e documentava o dia a dia dos Beatles. Dá-se assim uma onda de consumismo em tudo que se referia a Beatles: guitarras, carteiras, meias, lancheiras, cortinas,... e até perucas. Aproveitando toda essa repercussão lançam ainda 'Beatles For Sale'  ( 'Á venda - ironizando a situação ).

No meio de excursões e gravações, lançam em 1965, seu 2º filme, 'Help', com o álbum do mesmo nome. O filme é uma paródia dos filmes de 007, com locações em vários lugares do mundo, pois agora tinham mais dinheiro. Nessa época os quatro são condecorados pela Rainha com mérito por trazerem divisas ao Reino Unido.

REVOLUÇÃO MUSICAL

O álbum ´Rubber Soul´, lançado no final de 65 começa a mostrar que algo estava acontecendo na cabeça daqueles quatro meninos. As letras já não eram tão bobas assim, e não se resumiam em 'ela ama você' e 'eu amo ela'. A Influência de Bob Dylan, que os apresentou as drogas e o interesse por outros instrumentos e estilos musicais fizeram desse disco o 1º passo de que algo estava por vir.

´Revolver´, lançado em 66 foi definitivamente um divisor de águas, que acompanhou uma fase definitiva dos Beatles. O grupo decidiu não fazer mais turnês, pois além do desgaste, muitas músicas ficaram impossíveis de serem tocadas em shows. A declaração de John, de que eram mais populares que Jesus, a queima de discos pela Klu-Klux-Klan e Incidentes em turnês fez com que a crítica alardeasse  uma suposta queda do grupo, mas o melhor ainda estava por vir.

SGT PEPPER

O Álbum 'Sgt Pepper´s Lonely Hearts Club Band' é tido como um marco na história da musica, e para a maioria dos críticos, o disco mais importante já lançado. Em 1967 sai esse que seria o primeiro disco conceitual e o precursor do  rock progressivo. Sucesso de vendas e críticas foi também um dos primeiros discos do movimento Hippie que surgia na época, tranformando músicas em pinturas e viagens, para as cabeças da época, muito mais do que simples músicas ( ouça esse disco com fones de ouvido que você entenderá )

Logo depois gravam o filme para a TV ' Magical Mystery Tour', que foi um fiasco, pois o roteiro era viajandão demais para uma apresentação de natal da BBC, mas o disco contém ótimas músicas e como todos os outros, alcançou o 1º lugar rapidinho.

Foi numa palestra do mestre Hindu 'Maharishi' no País de Gales que os Beatles recebem a notícia de que seu empresário Brian Epstein havia morrido numa overdose de calmantes. Isso desestruturou o grupo, que fez com que Paul McCartney tomasse as rédeas musicais e administrativas. Foi aí que surgiu a Apple.

APPLE

O que seria uma gravadora para promover e descobrir novos artistas, logo se tornou uma dor de cabeça para os Beatles. que nunca tiveram tino comercial. A butique que abriram com o mesmo nome logo faliu, mas o selo Apple conseguiu realizar coisas valiosas, como a descoberta de James Taylor , além de todos os lançamentos dos Beatles daí por diante, como o compacto mais vendido de 1968, 'Hey Jude', que muitos duvidaram que emplacasse, pela sua duração de 7 minutos.

Do retiro que fizeram na Índia para estudar meditação, surgiu o Álbum 'The Beatles' ( mais conhecido como o Álbum Branco ), um disco duplo com 30 músicas, tido como um dos melhores discos de rock até então. mas que infelizmente não tinha mais aquela coesão dos 4 garotos, pois problemas começaram a surgir.

O clima pesado das gravaçoes fizeram Ringo abandonar o grupo em 68, mas que logo se arrependeu e voltou dias depois.O pior foi quando John Lennon começou a levar para o estúdio sua nova namorada, Yoko Ono, que além de não sair do seu lado começou a dar pitaco nas composições dele

Mesmo assim, em 1969 saiu o desenho animado e o disco  'Yellow Submarine', com sobras musicais que os Beatles gentilmente cederam para o filme. Do que seria um desenho sem nenhuma participação dos Beatles reais, o filme se tornou um marco da animação, tornando-se até hoje um ícone da história cinematográfica, e os próprios Beatles gostaram tanto que fizeram uma ponta no final da fita.

LET IT BE

Talvez o desespero de Paul McCartney em ver a banda se fragmentando fez com que ele levasse adiante o projeto de um novo filme chamado 'Get Back', que mostraria os Beatles unidos e de volta as origens,  ensaiando, compondo, sem toda aquela parafernalia de estúdio e fazendo um show no final. As sessões foram angustiantes e só aceleraram o fim do grupo. O próprio George Harrison chegou a abandonar a banda, mas voltou também logo depois. Assim, o projeto foi arquivado e só viria a luz do dia em 1970, sob o título de 'Let it Be'.

Quando tudo parecia acabado, em meados de 1969, a banda se levanta e dá o seu último suspiro, para muitos o mais belo e o mais bonito. .'Abbey Road ' é uma obra prima, desde a capa ao conteúdo, e mostra os Beatles como sempre foram. ótimos musicos, compositores, cantores. Infelizmente, logo depois das gravações, John Lennon, que estava mais preocupado com sua nova banda 'The Plastic Ono Band ' e sua campanha pela paz, avisa que está abandonando o grupo, mas tudo foi mantido em segredo até abril de 1970 quando o próprio Paul anuncia que está deixando os Beatles, para mágoa de John, pois era ele que havia saído.

THE DREAM IS OVER

Numa famosa entrevista de John em 1970 ele anuncia que o Sonho Acabou, que os Beatles não exitem mais e não tem mais planos para gravarem juntos... mas o sonho continuou até 1980, quando milhões de pessoas alimentavam a esperança de ver aqueles caras, agora tão diferentes tocarem juntos mais uma vez.... mas não deu!... e mesmo assim, quando até hoje ouvimos os acordes finais de 'The End', no final do disco Abbey Road. Dá para pensar no legado que esse grupo deixou para nós.
Felizes somos nós que tivemos os Beatles.

The Beatles- Twist n Shout(Official Video)

G3 "Smoke On The Water" Live in Tokyo

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Alguns Eventos Interessantes que estão rolando por ai...

II Festival Parque Sucupira de Música Popular Brasileira...


Seleção de Músicas acontecendo esta semana

A Comissão Organizadora do II Festival Parque Sucupira de Música Popular Brasileira está fazendo durante esta semana a seleção das 20 músicas que estarão na semi-final do evento. Semi-final esta que ocorrerá dia 15 de janeiro de 2011, no estacionamento do Campus da Universidade de Brasília em Planaltina. Neste dia serão definidas as 10 músicas que participarão da Final, que ocorrerá no dia seguinte, dia 16 de janeiro de 2011, no mesmo local.

Estamos ouvindo todas as músicas que foram recebidas para o festival, que estão listadas na postagem anterior. A partir deste material podemos garantir que estará representada a diversidade e a qualidade cultural da Música Popular Brasileira nas Semifinalistas. Desde de já agradecemos quem se dispôs a participar do festival, e nos comprometemos a divulgar na medida do possível as bandas participantes, independente se forem classificadas ou não para a semi-final, na Programação da rádio Utopia Fm.

O II Festival Parque Sucupira de Música Popular Brasileira é promovido pela Associação de Difusão Comunitária Utopia (Utopia 98,1 FM),http://www.utopia.dissonante.org/, em parceria com a Universidade de Brasília (UnB-FUP/FAC) e Escolas Públicas de Planaltina, com o patrocínio do Ministério da Cultura.

Fonte: Utopia Dissonante

______________________________________________________________

ProCultura – Música


Prazo de inscrição para Prêmio de Apoio a Festivais termina neste sábado

Fonte: Ministério da Cultura




Dia 11 de dezembro, próximo sábado, termina o prazo de inscrição para o Prêmio ProCultura de Apoio a Festivais e Mostras de Música de 2010, que distribuirá um total de R$ 5,8 milhões. O valor dos prêmios varia de R$ 25 mil a R$ 200 mil.



O objetivo é incentivar ações culturais que promovam a realização de espetáculos, festivais e mostras nacionais e internacionais de música popular ou erudita, além de atividades de formação, difusão e reflexão na área musical, realizadas no Brasil. As inscrições devem ser feitas por meio do sistema SalicWeb – sistema de cadastramento de propostas culturais na internet, disponível no portal do Ministério da Cultura.


Além desse edital, o Ministério da Cultura divulgou no Diário Oficial da União, no mês de outubro, outras duas seleções públicas com a finalidade de estruturar investimentos diretos na música. Juntos, os três editais totalizam R$ 11,8 milhões do Fundo ProCultura de Música, um dos fundos setoriais do Fundo Nacional da Cultura (FNC).


O Prêmio de Apoio a Banda de Música reserva R$ 4,5 milhões para a compra de instrumentos de sopro e de percussão. Serão selecionadas 176 bandas de todo o país. Podem participar conjuntos musicais denominados “Banda de Música”, “Banda Sinfônica”, “Banda de Concerto”, “Banda Musical”, “Banda Filarmônica”, “Sociedade Musical”, com atividades de capacitação à formação de instrumentistas, compostos por pelo menos 15 músicos, e que estejam em funcionamento há pelo menos seis meses.


Do terceiro edital, o Prêmio ProCultura Palcos Musicais Permanentes, poderão participar pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, de natureza privada ou cultural, que possuam teatro, arena, galpão, sala de espetáculos, lona, dentre outros aparelhos culturais com infraestrutura logística e técnica necessária para a realização de espetáculos, concertos ou shows musicais, com pelo menos um ano de atividades permanentes. A capacidade de público dos espaços contemplados não poderá exceder 600 pessoas. O Edital, que terá investimento total de R$ 1,5 milhão, selecionará 15 projetos, e cada um dos contemplados receberá o valor de R$100 mil.


(Comunicação Social/MinC)